Região

Justiça destitui presidente de sindicato por irregularidades

.

David Soares Ruas foi destituído do cargo de presidente. Foto: Divulgação
David Soares Ruas foi destituído do cargo de presidente. Foto: Divulgação

O presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Ivaiporã e Região (Sincoivali), David Soares Ruas, foi condenado por usar recursos da entidade em benefício próprio. A Justiça determinou a perda do cargo de diretor, devendo abster-se da prática de quaisquer atos relacionados a atividade do sindicato, sujeito ao pagamento de multa de até R$ 2 mil por ato ou conduta indevidamente praticada.

Soares Ruas também fica proibido de concorrer ou assumir cargos administrativos ou de representação sindical no período de 8 anos. Ficou determinado ainda que o sindicato realize eleição para a escolha de um novo presidente em até 90 dias. 

Investigação
A investigação começou em 2012 após o Ministério Público do Trabalho, de Campo Mourão, receber denúncia anônima sobre o presidente que estaria malversando os recursos e o patrimônio do sindicato e utilizando para fins particulares.

Após a denúncia, o MPT analisou toda documentação contábil do Sincoivali que comprovou a utilização indevida. Conforme a denúncia - que originou a ação civil - foram identificadas irregularidades relacionadas a despesas pessoais de Ruas. Segundo a investigação, aluguel, água e luz, manutenção de veículos totalizaram gastos de R$ 38.937,72 (2012), R$ 38.936,92 (2013) e R$40.894,63 (2014). Na ação civil consta ainda que, em 2014, foram custeados pelo Sincoivali R$ 29.151,72 em combustíveis.

A reportagem tentou falar por telefone com David Ruas, no entanto, não obteve sucesso.