Política

Críticas de Gilmar são "desserviço à Republica", diz subprocurador-geral

.

NICOLA PAMPLONA

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O subprocurador-geral da República, Nicolao Dino, rebateu nesta segunda (19) críticas do ministro do STF Gilmar Mendes às investigações conduzidas pelo Ministério Público Federal. Segundo ele, "a fala de Gilmar é um desserviço à República".

Dino se referiu a declarações do ministro do STF sobre a necessidade de impor limites às investigações, para evitar "um modelo de Estado Policial".

"É preciso rebater e repelir veementemente a fala de Gilmar. O MP tem atuado de forma muito correta. Difamações como essa não contribuem para a estabilidade institucional", afirmou Dino, durante com os candidatos à Procuradoria-Geral da República, no Rio.

"É um desserviço à República", completou ele.

Dino e Gilmar Mendes protagonizaram um bate-boca durante o julgamento da chapa Dilma/Temer no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), quando o ministro do STF -que também preside o TSE- acusou o procurador de tentar coagir o tribunal ao pedir o impedimento do ministro Admar Gonzaga.

Em entrevista após o debate, Dino afirmou que Gilmar tenta desqualificar o trabalho do MPF e afirmou que a ampliação das investigações não deveria ser vista como um problema.