Paraná

Quadrigêmeas de Mandaguari estão internadas; mãe pede oração

A mãe confirmou, na tarde deste sábado (4), que o uma das filhas testou positivo para Covid

Da Redação ·

As quadrigêmeas de Mandaguari, Luísa, Elisa, Isadora e Isabelli, que completam três meses no dia 8 de dezembro, precisaram ser internadas na última semana devido à pneumonia. De acordo com a mãe, a dona de casa Tânia Medeiros, de 39 anos, elas estão hospitalizadas na Santa Casa, de Maringá.

continua após publicidade

Duas delas, a Luísa, que está entubada, e Isadora, estão na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Já as outras irmãs seguem se recuperando na enfermaria. "É de cortar o coração ver as meninas hospitalizadas novamente, mas tenho fé que logo elas vão ficar boas. Peço oração a todos que acompanham nossa história", acrescenta. 

Tânia conta que as meninas começaram com o nariz congestionado e tosse, e o quadro foi se agravando. Por isso, foram encaminhadas para a Santa Casa. 

continua após publicidade

A mãe confirmou, na tarde deste sábado (4), que o exame de uma das filhas ficou pronto e que a criança testou positivo para Covid-19. "Ela está  com coronavírus, provável que as que estão na UTI também estão com coronavírus, mas o exame delas ainda não chegou", disse

Quarteto

O quarteto nasceu com menos de 7 meses, de 30 semanas, no Hospital Universitário (HU), de Maringá. "A Luísa foi a que nasceu menor, com 33 centímetros, e precisou ficar 48 dias na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI)", conta.

continua após publicidade

Por falar em fralda, Tânia conta que são usadas cerca de 24 por dia e aproximadamente 32 mamadeiras diariamente. A mãe diz que duas das filhas são iguais e as outras duas são diferentes. "Não dá para confundir e agora já conheço até o choro de cada uma", afirma. 

Como deixou de trabalhar, a diarista diz que está desempregada e que recebe ajuda de familiares e também da assistência social da cidade. "É muita coisa e como estou em casa sem trabalhar, preciso da ajuda. Pessoal me ajuda bastante com fralda e se alguém quiser colaborar é só entrar em contato comigo pelo (44) 99730-3875", comenta.