Justiça do Rio volta a liberar realização de audiência pública do novo autódromo - TNOnline
cloud-sun

euro-sign Euro
dollar-sign Dólar
Tribuna do Norte Online
search
Você está em

Esportes

Justiça do Rio volta a liberar realização de audiência pública do novo autódromo

user Por Da Redação
calendar clock 06/08/2020, 22:07

O desembargador Fábio Dutra, do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, autorizou nesta quinta-feira a realização da audiência pública virtual para apresentação do relatório de impacto ambiental sobre o novo autódromo da cidade, empreendimento candidato a receber o GP do Brasil de Fórmula 1 nos próximos anos. A audiência estava suspensa após uma decisão na última terça da juíza Roseli Nalin, da 15.ª Vara de Fazenda Pública.

Após a decisão, o Município do Rio de Janeiro interpôs um agravo de instrumento com pedido de efeito suspensivo. O desembargador atendeu a solicitação e libera, assim, que a audiência seja realizada. "Não parece adequado suspender a realização de uma audiência pública em um procedimento administrativo ambiental partindo da presunção de que a participação popular não será assegurada se for feita de forma virtual", escreveu Dutra.

A audiência pública é a etapa seguinte para o consórcio Rio Motorsports conseguir a emissão da licença prévia e poder assinar o contrato para executar a obra. A empresa venceu a licitação no valor de R$ 700 milhões para viabilizar o empreendimento, mas o processo seguinte, de assinatura, está suspenso pela Justiça do Rio enquanto não houver a emissão do laudo ambiental. Para isso, é necessário realizar a audiência para a divulgação dos estudos.

"Defiro o efeito suspensivo para afastar os efeitos da decisão agravada até a análise do mérito do presente recurso, permitindo-se, em especial, a realização da audiência pública virtual designada para o próximo dia 07 de agosto de 2020", redigiu o desembargador. A audiência para a apresentação do relatório de impacto ambiental está prevista para começar às 19 horas desta sexta-feira.

A realização da audiência havia sido anunciada pela Prefeitura do Rio de Janeiro no final de julho após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, ter acolhido pedido para permitir a realização da sessão virtual. A decisão de Toffoli suspendeu liminar concedida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) para impedir a realização da audiência, que estava previamente marcada março, porém foi desmarcada por causa da pandemia do novo coronavírus.

O Estadão revelou em 30 de junho que o Rio tem contrato encaminhado para receber a Fórmula 1 por 10 anos, com a promessa do pagamento de cerca de R$ 340 milhões anuais entre taxa de promoção e ingressos VIP. Para conseguir a liberação e iniciar a obra, o consórcio pretende uma série de ações, entre elas o replantio de 700 mil árvores, reutilização de água e políticas de neutralização de carbono.

Deixe seu comentário sobre: "Justiça do Rio volta a liberar realização de audiência pública do novo autódromo"

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.
TNTV
TNTV play-circle
Jornal da Tribuna

Confira o Jornal da Tribuna desta terça-feira (22/09)

whatsapp

Receba notícias no seu WhatsApp!

Receba notícias várias vezes ao dia nos grupos do TN!

Principais matérias

Brasil

Câmara instala comissão para reformar Lei da Lavagem de Dinheiro

Brasil

Senadores da Comissão do Pantanal aprovam cronograma de trabalho

Londrina

IML tenta identificar corpo de homem que morreu em confronto com a polícia

Brasil

INSS vai aumentar capacidade de atendimento da Central 135

envelope

Inscreva-se na nossa newsletter

Notícia em primeira mão no início do dia, inscreva-se agora!

Últimas notícias