Esportes

CBF se nega a mudar tabela, e Chapecoense deve cancelar amistoso contra o Barça

.

DANIEL FASOLIN

CHAPECÓ, SC (UOL/FOLHAPRESS) - A Chapecoense está perto de cancelar mais um amistoso internacional programado para esta temporada. Após abrir mão de enfrentar o Benfica na Taça Eusébio, agora o time catarinense deve ser obrigado a declinar convite para jogar contra o Barcelona em agosto.

Assim como ocorreu no caso do jogo contra o Benfica, a Chapecoense tem encontrado dificuldade de liberação da CBF para a partida internacional. A entidade brasileira alega conflito de datas e se recusa a alterar a tabela do Brasileirão para permitir que o time catarinense participe dos confrontos na Europa.

"Entendemos que a CBF tem seu calendário definido e tínhamos a ciência de que poderia ser algo complicado para a gente realizar. Temos recebido convites de times do mundo inteiro, mas temos que entender que o calendário é complicado aqui no Brasil", afirmou o presidente da Chapecoense, Plínio David de Nes Filho.

"Vamos conversar com a CBF para tentar ajustar as coisas da melhor maneira possível e, se por acaso não encontrarmos uma solução, seguiremos nosso calendário no Brasil. Sabemos que nosso grande objetivo é seguir na Série A do Brasileiro neste ano de transição e se tivermos que abrir mão destes convites, nós abriremos", completou.

Os convites para duelos internacionais surgiram após o acidente aéreo com a delegação da Chapecoense em 2016. A partida contra o Benfica estava programada para ocorrer no dia 22 de julho, em Lisboa (Portugal). No mesmo fim de semana, porém, o time catarinense tem jogo programado contra o Bahia pelo Brasileirão.

O Barcelona convidou a Chapecoense para disputar a Taça Joan Gamper, tradicional jogo amistoso que abre a temporada do time catalão. Os espanhóis indicaram as datas de 7 e 8 de agosto para a realização do duelo, se ofereceram a pagar todos os custos da viagem e ainda prometeram uma ajuda financeira ao time catarinense.

A Chape, porém, tem jogo pelo Brasileirão dias antes. Encara o Coritiba em 4 ou 5 de agosto (rodada ainda não foi desmembrada), o que pode inviabilizar o encontro.

Com as negativas da CBF em mudar a tabela do Brasileirão, a alternativa da Chape seria utilizar as pausas nas datas Fifa para a realização de amistosos. O Barça, porém, já informou que não pretende alterar os dias oferecidos para o duelo.

A tendência é que uma destas datas receba outro amistoso internacional da Chape: contra a Roma, em 26 de agosto, na capital italiana -logo após a participação da Chapecoense na Copa Suruga em 15 de agosto.