Cotidiano

Operação mira policiais militares ligados à milícia do RJ

Na casa de um dos investigados, a força-tarefa encontrou dinheiro e armas. Até o momento, seis pessoas foram presas

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Operação mira policiais militares ligados à milícia do RJ
fonte: Reprodução/TV Globo

Uma operação conjunta entre a Polícia Civil do Rio de Janeiro, a Corregedoria da Polícia Militar e o Ministério Público foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (20). A Operação Heron mira agentes de segurança que são aliados da maior milícia em atividade no Rio de Janeiro. Entre os alvos, estão três policiais militares, seis agentes penitenciários e uma delegada.

continua após publicidade

Até o momento, as autoridades realizaram a prisão de seis pessoas. Na moradia de uma delas, a força-tarefa encontrou dinheiro e armas. 

Investigadores afirmam que os procurados forneciam informações sigilosas sobre operações específicas contra grupos rivais, facilitavam a movimentação dos “bondes” — comboios para atividades criminosas — e até escoltavam, com viaturas oficiais, foragidos da Justiça.

continua após publicidade

Policiais da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) e agentes do MPRJ saíram para cumprir, no total, 10 mandados de prisão e 11 de busca e apreensão.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News