Cotidiano

Influencer chama atenção na web com barriga de trigêmeos

Ela, que já é mãe de gêmeos, deu à luz no último sábado (15) três meninos

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Influencer chama atenção na web com barriga de trigêmeos

A influencer dinamarquesa Michella Meier-Morsi usa as redes sociais para falar sobre maternidade, amor-próprio e vida pós-parto. Ela, que já é mãe de gêmeos, deu à luz no último sábado (15) três meninos, com um pouco mais de 35 semanas de gravidez.

continua após publicidade

Além das duas gestações, o que chamou atenção no caso de Michella foi o formato de sua barriga. “É tão irreal ter três bebês que a cabeça não consegue lidar com isso. Eu simplesmente não consigo minha imaginação”, escreveu a mãe em um desabafo antes de entrar em trabalho de parto.

Em 2018, Michella já havia dado à luz um casal de gêmeos. Na época, seus corpos também sofreram alterações e o influenciador não teve vergonha de ir a um comentário público sobre como e estrias alterações em sua pele — e desta vez não foi diferente.

continua após publicidade

A médica Carla Delascio Lopes, ginecologista e obstetra especialista em gestação de alto risco, comenta o caso de Michella.

Hiperdistensão uterinaDe acordo com Carla Delascio, o formato da barriga da mãe durante a gestação tem relação direta com o biótipo de cada mulher. Ela explica: “Na faz gravidez, a hiperdistensão uterina com que a parede abdominal seja forçada. Se a mãe já teve isso antes —no caso de Michella, uma gravidez gemelar— é como se ela perdesse a camada da musculatura que segura o abdômen” .

Esse processo de hiperdistensão favoreceu o aparecimento de estrias e varizes, como aconteceu com Michella. Carla que, teve duas gestações ajustáveis, houve também danificação do tônus ​​muscular. “É importante que hoje grávida fica com diástase do reto abdominal e que muda é o grau. Se a paciente tiver um fortalecimento dos músculos, a recuperação vai ser rápida”.

continua após publicidade

Além disso, se a mulher fizer fortalecimento dos músculos ao longo da gestação, ela tem chances de recuperar o formato da barriga pré-gestacional. “Se a mulher engravidar em um peso adequado, com uma massa muscular adequada, ela tem suporte para suportar a mudança da gravidez”, criando uma obstetra.

Um influenciador não deixou claro se a gestação foi resultado de uma inseminação artificial ou foi um processo natural. Pela raridade do fenômeno, a médica Carla Delascio acredita que Michella tenha engravidado por meio de fertilização in vitro. Os cuidados para esse tipo de gravidez, como qualquer outra, é manter a pele hidratada, beber bastante água, fazer a atividade física controlada e cuidar da alimentação, com ajuda de suplementos, com um especialista.

Com informações do UOL.