Cotidiano

Asteroide vai passar bem perto da Terra no dia 12 de outubro

.

Um asteroide do tamanho de uma residência vai passar proporcionalmente muito próximo da Terra num sábado, dia 12 de outubro de 2017, segundo a Agência Espacial Europeia. O objeto espacial vai passar a uma distância de 44 mil km da Terra. Essa distância é 1/8 da órbita da lua, que passa a 380 mil km do nosso planeta.

“Sabemos com certeza que não há possibilidade do objeto atingir a Terra”, afirma Detlef Koschny, que integra grupo de pesquisadores de “Objetos Próximos da Terra” da Agência Espacial Europeia (ESA). “Não há perigo algum”, reitera.

O asteroide é chamado 2012 TC4, e passou pela Terra em 2012 a uma distância de 88 mil km e desapareceu de vista. O corpo celeste tem entre 15 e 30 metros de diâmetro, e viajava a uma velocidade de 14km/s quando foi avistado. 

Very Large Telescope do European Southern Observatory (ESO), no Chile, conseguiu localizar novamente o asteroide, a 56 milhões de km de distância de nós e determinar sua trajetória.

Uma nota da ESA diz que observar os movimentos do TC4 é “uma ótima oportunidade para testar as habilidades internacionais de detecção e acompanhamento de objetos próximos da Terra e analisar nossa habilidade de respondermos juntos a uma ameaça real de um asteroide”.

Asteroides são corpos que sobraram da formação do nosso sistema solar há 4,5 milhões de anos. Apesar de haver milhões deles, a maioria está em um cinturão entre as órbitas de Marte e Júpiter.

Queda na Sibéria
Em 2013, um meteoro de 20 metros explodiu na atmosfera acima do centro da Rússia, e a energia resultante da explosão foi de 30 bombas atômicas de Hiroshima. A onda de choque resultante quebrou janelas de quase 5 mil prédios, e os estilhaços feriram mais de 1.200 pessoas (veja vídeo no topo da página). 

As informações são do portal Phys.org