Cotidiano

'Monstro' marinho provoca medo em frequentadores de praia na Nova Zelândia 

.

Enorme massa de tentáculos negros com conchas tem provocado medo nas pessoas mais impressionáveis - Foto: Melissa Doubleday/Facebook
Enorme massa de tentáculos negros com conchas tem provocado medo nas pessoas mais impressionáveis - Foto: Melissa Doubleday/Facebook

Uma multidão foi  até a praia de Muriwai, na região norte da Nova Zelândia, para conferir o que tem sido chamado de Monstro de Muriwai. A enorme massa de tentáculos negros com conchas tem provocado medo nas pessoas mais impressionáveis.As primeiras imagens foram feitas pela moradora local Melissa Doubleday. Ela conta que encontrou o ser vivo ainda se mexendo. 

“Na verdade achei que era uma baleia encalhada quando me aproximei; foi tão estranho. Parece minhocas com conchas que nunca vi antes e com essas criaturas engraçadas que ficam saindo delas”, detalha.

Já a moradora Rani Timoti afirma que a criatura marinha parece ainda estar viva. “Tem um cheiro de podre e quando você olha de perto tem essas minhoquinhas que se mexem”, descreve.

 criatura marinha parece ainda estar viva - Foto: Melissa Doubleday/Facebook

Pedunculata
Conforme especialistas da Sociedade de Ciências Marinhas da Nova Zelândia, trata-se provavelmente de um tronco de árvore coberto com pedunculata, um crusácio marinho filtrador que se fixa sobre uma superfície dura como rochas ou objetos flutuantes.

Há várias espécies de pedunculatas, mas esta específica parece ser Lepas anatifera, que se fixa à superfície com um pé carnudo chamado pedúnculo, que chega a ter 80 cm de comprimento. O resto do corpo desse animal é chamado apitulum (ou unha), que é revestido por várias conchas calcárias.

Uma vez que elas se fixam em alguma superfície, ficam ali por toda a vida, sem conseguir se mudar para outro local. Eles produzem um tipo de cimento que os fixa permanentemente na superfície.

Há várias espécies de pedunculatas, mas esta específica parece ser Lepas anatifera - Foto: Melissa Doubleday/Facebook

“Tudo nele morreu agora, e tem um cheiro muito ruim. Fui lá ontem para dar outra olhada”, relatou Melissa Doubleday Doubleday em seu Facebook.

Aparições recorrentes
Esta não é a primeira vez que tais seres marinhos estranhos emergem no litoral da Nova Zelândia. Em novembro de 2016, após forte terremoto de magnitude 7.8 que sacudiu o país, o leito oceânico de uma praia foi erguido acima do nível da água, expondo textura e criaturas peculiares.

As informações são do portal sciencealert.com