Apucarana

Apucarana vai punir responsáveis por lixão na Vila Reis

Após investigação, a Secretaria de Meio Ambiente confirmou que já sabe os nomes dos responsáveis pelo 'lixão coletivo'

Da Redação ·

A Prefeitura de Apucarana divulgou nesta sexta-feira (26), que após um trabalho de investigação, a Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Apucarana já tem em mãos nomes de pessoas físicas e jurídicas responsáveis pela formação de um lixão, no Distrito de Vila Reis.

continua após publicidade

O crime ambiental chegou ao conhecimento dos fiscais do município através de denúncia da própria população.

“No local nos deparamos com uma situação absurda. Não dá para compreender o que leva uma pessoa ainda nos dias de hoje, com todas as informações e campanhas que são realizadas sobre a importância da preservação do meio ambiente, praticar atos criminosos como o que identificamos no distrito”, indignou-se Gentil Pereira, secretário Municipal de Meio Ambiente ao fazer um relato da situação ao prefeito Júnior da Femac.

continua após publicidade

Além de entulhos da construção civil, no lixão coletivo foram identificados resíduos têxteis, pneus, vidros, embalagens plásticas e até lixo domiciliar.

“Fizemos um trabalho de inspeção de toda a área de descarte e encontramos documentos, notas fiscais, entre outras provas que nos possibilitaram identificar vários autores que agora serão notificados e irão responder judicialmente pelo crime ambiental praticado”, informou Pereira, secretário de Meio Ambiente.

Além de apucaranenses, entre os responsáveis identificados estão pessoas e empresas de cidades vizinhas.

continua após publicidade

O prefeito Júnior da Femac também mostrou indignação ao tomar conhecimento do fato. “É lamentável que isso ainda ocorra em Apucarana, até porque disponibilizamos de forma gratuita a oportunidade da empresa ou pessoa destinar corretamente o seu resíduo. Inclusive, nossa política ambiental de recolhimento de resíduo sólidos, através do Programa Apucarana Mais Verde, acaba de ser reconhecida dentro do 9º Prêmio Gestor Público Paraná 2021, promovido pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep), vencendo a categoria “Meio Ambiente”, contextualiza o prefeito.

Júnior pontua que no local de descarte ilegal há muito material reciclável, que poderia estar sendo destinada pela pessoa para a Cocap e contribuir no sustento da família dos atuais 56 cooperados.

“No que tange a construção civil todos sabem que há normativas para os entulhos, com a necessidade da contratação de serviços de caçamba, enfim, uma situação criminosa que agora será equacionada pelo município e os autores responsabilizados nas formas da lei”, ponderou o prefeito Júnior da Femac.

continua após publicidade

Segundo estimativa da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, serão necessárias pelo menos seis viagens de caminhão para limpar a área afetada. “Para esta ação vamos contar trabalho da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, que irá fazer a remoção e destinação correta”, esclarece Gentil Pereira, secretário de Meio Ambiente.

Ele pede que a população continue enviando denúncias.

A fiscalização popular é uma grande aliada da gestão pública. Os olhos do povo estão em todos os lugares”, conclui o secretário. O telefone para denúncias é o 3423-0142, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, ou 153 com atendimento 24 horas pela Guarda Civil Municipal (GCM).

Tags relacionadas: #Apucarana #lixo #Vila Reis