POLíTICA

PF entrega informações de inquérito sobre Temer e pede mais prazo ao STF

CAMILA MATTOSO E LETICIA CASADO

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A Polícia Federal pediu nesta segunda (19) mais prazo ao ministro Edson Fachin para finalizar o relatório da investigação sobre o presidente Michel Temer.

A PF entregou uma parte de documentos, mas a perícia das gravações secretas feitas por Joesley Batista, um dos donos da JBS, ainda não foi concluída, de acordo com apuração da reportagem.

Ao todo, os peritos analisam quatro áudios, um deles de uma conversa do empresário com Temer, no Palácio do Jaburu, em 7 de março.

O prazo dado por Fachin para o inquérito ser finalizado se encerrou neste domingo (18) -sendo a segunda o primeiro dia útil, quando a conclusão deveria ser entregue.

O ministro é o relator da Lava Jato no Supremo, responsável também por casos ligados à delação da JBS, homologado por ele em abril.

O teor das informações prestadas pela PF ainda não foi divulgado pelo STF.

Discuta aqui

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.
Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Topo