Apucarana

Piso salarial da Saúde será cumprido, diz Junior da Femac

A Proposta de Emenda beneficiará um total de 212 agentes comunitários e 64 agentes de combate às endemias

Da Redação ·
Receba notícias no seu WhatsApp!
Participe dos grupos do TNOnline
Imagem ilustrativa da notícia Piso salarial da Saúde será cumprido, diz Junior da Femac
fonte: Prefeitura Municipal de Apucarana

O Senado aprovou e o Congresso Nacional promulgou, na última semana, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que prevê um piso salarial nacional de dois salários mínimos, equivalente hoje a R$2.424, para agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias.

continua após publicidade

“Vamos acatar integralmente essa determinação de valorização para essas duas categorias de profissionais fundamentais na condução do trabalho da rede municipal de saúde”, afirma o prefeito da cidade de Apucarana, Junior da Femac.

O secretário Municipal da Saúde, Emídio Bachiega, informa que a Autarquia Municipal de Saúde tem no seu quadro de servidores 212 agentes comunitários de saúde e 64 agentes de combate às endemias.

continua após publicidade

O texto da emenda estabelece um piso salarial nacional de dois salários mínimos, equivalente hoje a R$2.424, para a categoria, e também prevê adicional de insalubridade e aposentadoria especial, devido aos riscos inerentes às funções desempenhadas. A emenda também determina que estados, Distrito Federal e municípios deverão estabelecer outras vantagens, incentivos, auxílios, gratificações e indenizações a fim de valorizar o trabalho desses profissionais.

O prefeito Junior da Femac avalia ser fundamental que o poder público mantenha esses profissionais em seus postos, com vencimentos justos e condizentes com a importância vital da atividade. Ele destaca a dedicação diária dos agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias. “A importância desse trabalho dos agentes ficou ainda mais evidente durante a pandemia da Covid-19”, frisa o prefeito.


Fonte: Prefeitura de Apucarana.

GoogleNews

Siga o TNOnline no Google News